Desenvolvimento da criança dos 12 aos 24 meses (segundo ano de vida)

Última revisão deste tema: 07/09/2014

Partilhe nas redes sociais:

 

 

 

 

12 - 14 meses: A criança que aprende a andar

 

Postura e motricidade

 

- Passa da posição de deitado de costas a sentado

- Consegue pôr-se de pé

- Baixa-se com apoio

- Anda, primeiro com o apoio de uma ou duas mãos, e, sem apoio em média a partir dos 13 meses

 

Alimentação

 

- Bebe pelo copo com ajuda

- Segura colher mas não usa

 

Vestir

 

- Colabora no vestir levantando os braços

 

Linguagem

 

- Jargão – vocaliza incessantemente em tom de conversa, embora completamente impercetível: (média aquisição 12-15M) 

- 2 ou 3 palavras com significado 

 

Compreensão geral

 

- Muito dependente do adulto

- Demonstra afeto

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

15 - 17 meses: As birras, os gostos, as preferências

 

Postura e motricidade

 

- Sobe escadas

- Ajoelha-se sem apoio

- Ainda não consegue contornar esquinas ou parar subitamente

- Ainda não consegue atirar bola sem cair

 

Mãos e manipulação

 

- Continua a atirar sistematicamente objetos ao chão

- Constrói torre de 2 cubos

- Agarra 2 cubos numa mão

- Formas: consegue inserir forma redonda sem lhe ser mostrado

- Escrever: imita rabisco, ou rabisca espontaneamente

 

Alimentação

 

- Alimenta-se sozinho sem ajuda, pegando no copo, bebendo e pousando-o novamente

- Pega bem na colher, mas roda-a perto da boca

 

Vestir

 

- Gosta de tirar os sapatos 

 

Controlo dos esfíncteres

 

- Pode indicar fraldas molhadas

- Começa a poder dizer ao cuidador que quer usar o pote

 

Linguagem

 

- Jargão (falar incompreensivelmente)

- Várias palavras ininteligíveis

 

Compreensão geral

 

- Pede objetos apontando

- Pode beijar imagens de animais

- Começa a copiar mãe em tarefas domésticas (limpar, varrer) – imitação

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

18 - 23 meses: o bebé que compreende tudo

 

Postura e motricidade

 

- Anda bem (sem necessidade de estender membros superiores para se equilibrar, embora com os pés ligeiramente afastados)

- Apanha brinquedos do chão (agacha-se)

- Sobe e desce escadas, agarrado ao corrimão, sem ajuda

- Caminha empurrando brinquedo ou segurando boneco

- Senta-se sozinho numa cadeira

- Começa a conseguir saltar (ambos os pés)

- Atira bola sem cair

 

Mãos e manipulação

 

- Constrói torre de 3 cubos, após demonstração

- Faz rabiscos mostrando preferência por uma mão (lateralidade ou preferência por uma mão é anormal antes dos 18 meses)

- Olha um livro de bonecos e vira várias páginas de cada vez

 

Alimentação

 

- Bebe por copo sem entornar muito, levantando-o com ambas as mãos (geralmente entrega ao adulto após beber, não o pousa)

- Pega bem na colher, sem rodar perto da boca

 

Vestir

 

- Tira luvas, meias, abre fechos zip

 

Controlo dos esfíncteres

 

- Seco de dia, acidente ocasional

- Indica necessidade de ir à casa de banho (“dá sinal”, mesmo depois de urinar ou defecar)

 

Linguagem

 

- Usa 6 a 26 palavras reconhecíveis e compreende muitas mais

- Obedece a instruções simples como “aperta os sapatos”, “empurra a porta”

- Mostra em si ou num boneco os olhos, o cabelo, o nariz e os sapatos

- Controlo da salivação (não se baba)

 

Compreensão geral

 

- Segura colher e leva alimentos à boca

- Não gosta que lhe peguem

- Exige muita atenção

- Já não leva objetos à boca

- Copia mãe em tarefas domésticas (limpar, varrer)

- Nomeia um objeto comum (caneta, sapato, lápis, faca, bola)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Sinais de alarme 12 meses

Alarme: dificuldade em estabelecer relações diferenciadas e em explorar

 

Alarme: não aguenta peso das pernas

 

Alarme: Permanece imóvel

 

Alarme: Assimetrias

 

Alarme: não pega em brinquedos ou faz só com uma mão

 

Alarme: não mastiga

 

Alarme: não brinca

Sinais de alarme 18 meses

Alarme: Não se põe de pé

 

Alarme: Não aguenta peso das pernas

 

Alarme: Anda sempre na ponta dos pés

 

Alarme: Assimetrias

 

Alarme: não faz pinça – não pega nenhum objeto entre o indicador e o polegar

 

Alarme: não responde quando o chamam

 

Alarme: não vocaliza espontaneamente

 

Alarme: tem estrabismo

 

Alarme: não se interessa pelo que o rodeia

 

Alarme: não estabelece contacto

 

Alarme: deita os objetos fora, leva-os sistematicamente à boca

 

Alarme se mais que dois:
- não se interessa por outras crianças
- não aponta com indicador
- não imita o adulto (careta)
- não olha quando o chamam pelo nome
- não acompanha com olhar quando apontamos para algo

Leia os conceitos básicos do desenvolvimento infantil aqui

Sinais de alarme 15 meses

Alarme: não aguenta peso das pernas


Alarme: Permanece imóvel

 

Alarme: Assimetrias

 

Alarme: não pega em brinquedos ou faz só com uma mão

 

Alarme: não mastiga

 

Alarme: não brinca