Variação do peso após o nascimento

Última revisão deste tema: 17/01/2016

Partilhe nas redes sociais:

 

 

 

 

 

Perda de peso no recém-nascido

Motivo de grande preocupação para os pais, no período após o nascimento existe uma variação significativa no peso do recém-nascido!

 

O recém-nascido, especialmente se alimentado pelo leite materno, perde até 7% do seu peso corporal inicial (habitualmente entre 5 a 7%) nos primeiros dois a três dias de vida.

 

Esta é uma situação normal e que não deve causar alarme aos pais! Habitualmente, os recém-nascidos deixam de perder peso por volta do 5º dia de vida e recuperam o peso do nascimento entre o 10º e o 14º dia de vida.

 

Um dos muitos aspetos avaliados pelos profissionais de saúde na primeira consulta do recém-nascido (idealmente até aos 14 dias de vida) é o peso. Se o recém-nascido for pesado no dia da alta da maternidade os profissionais de saúde terão mais informação para avaliar se o recém-nascido está a ter a evolução esperada do peso nas primeiras semanas de vida.

 

 

Quando preocupar?

Nos casos em que se verifica:

- perda superior a 7% do peso inicial

- perda de peso para além do 5º dia de vida

- Não recuperação do peso até ao 14º dia de vida,

 

Perante estes sinais de alerta, outros fatores têm que ser equacionados. Entre esses encontram-se a má pega, défice de produção de leite materno ou, mais raramente, problemas de saúde do próprio recém-nascido.

 

 

Qual é o ganho de peso no primeiro ano de vida?

Após as 2 semanas e até aos 6 meses, os bebés ganham em média entre 20 a 30g por dia. Este corresponde ao período de rápido crescimento. Dos 6 aos 12 meses o ganho de peso é em média entre 12 a 20g por dia.

 

Habitualmente, entre os 4 e os 5 meses o peso do bebé dobra o do peso de nascença, aos 12 meses torna-se o triplo e aos 2 anos o quádruplo.

 

 

 

REFERÊNCIAS

1. Section of breastfeeding. Breastfeeding and the use of human milk. Pediatrics, 2012. 129: e:827.

2. Schanler RJ et al. Initiation of breastfeeding. Sistema Uptodate. Acedido em 17/01/2016.